JOSÉ, UMA FÉ QUE REALIZA SONHOS

Partilho convosco a meditação da 11ª Semana da Campanha “12 Semanas Rompendo em Fé”.

E disseram um ao outro: Eis lá vem o sonhador-mor!
Gênesis 37:19

Ler o texto: Gn 37

sonhador José foi o filho preferido de Jacó. Sua mãe foi Raquel, a esposa preferida de seu pai. Jacó fez a José uma túnica de mangas compridas de várias cores (que normalmente era usada por jovens e donzelas da realeza, da alta classe) e isso gerou ódio no coração de seus irmãos.

 José tinha sonhos, onde via seus irmãos e até mesmo seus pais se prostrando diante dele. Ao partilhar seus sonhos com a sua família fez com que a raiva dos seus irmãos aumentasse.

Eles então o lançaram numa cova e venderam-no aos ismaelitas que o levaram para o Egito, e Potifar, homem de confiança de Faraó, capitão da guarda, comprou-o da mão dos ismaelitas.

José conquistou a confiança de Potifar que o colocou para governar a sua casa e tudo o que tinha. E aconteceu que a mulher de Potifar pôs os olhos em José, que o tentava seduzir.

Ao se recusar a se deitar com ela por causa do seu temor a Deus e do respeito para o com o seu senhor Potifar, ela arranca-lhe a sua capa e o acusa de ter tentado tomá-la à força. Ele vai para a prisão por causa disso.

Na prisão José interpretou os sonhos do padeiro-mor e do copeiro-mor e pediu ao copeiro que se lembrasse dele quando estivesse perante Faraó, mas ele se esqueceu, até que Faraó teve um sonho que nenhum adivinhador ou sábio foi capaz de interpretar, então o copeiro faz menção de José que é tirado da prisão, e apresentado à Faraó que dá a interpretação correta do seu sonho, sendo eleito governador do Egito.

E José como governador ajuntou todo o mantimento dos sete anos de fartura que houve na terra do Egito. E quando houve fome não só no Egito como também em toda a terra, os irmãos de José vieram até ele com a face em terra, cumprindo assim os sonhos que Deus lhe havia dado.

Olhando para a vida de José podemos tirar alguns princípios:

1) Ter uma promessa de Deus não significa que não passaremos por dificuldades

 José tinha uma promessa do Senhor e isso não o isentou de ser traído por seus irmãos, de ser escravo numa terra estrangeira e de parar numa prisão injustamente.

Quando Deus nos faz promessas Ele não nos diz o que teremos que passar para alcançá-la. Deus prometeu que José estaria em uma posição de governo, mas não lhe mostrou de imediato o que ele teria que passar até ver o seu sonho realizado.

Jesus declarou em João 16:33: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.

Hoje em dia tem sido pregado um falso evangelho que diz: “Vem para Jesus e todos os seus problemas acabarão”. Mas a verdade é que não há vitória sem batalha.

Se a sua batalha tem sido grande e tem passado por momentos difíceis, creia que a sua vitória será ainda maior. E, mesmo que tudo diga o contrário, creia que Jesus está no controlo da situação.

2) Muitos se levantarão para tentar nos fazer desistir

José compartilhou os seus sonhos com quem não o compreendia e seus irmãos se levantaram para tentar impedir, pensavam que iam destruir os sonhos de José vendendo-o aos estrangeiros, quando na verdade estavam a contribuir para o plano perfeito do Senhor.

José declara em Gênesis 50:20: “Vós bem intentastes mal contra mim; porém Deus o intentou para bem, para fazer como se vê neste dia, para conservar muita gente com vida”.

A mulher de Potifar também foi usada para tentar tirar José do foco. Quando estamos passando pela provação, a tentação vem para nos desviar do propósito de Deus para as nossas vidas. Mas em Tiago 5:7 está escrito: “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”.

Tudo depende da maneira como encaramos as coisas. José tinha muitos motivos para se sentir rejeitado, abandonado, traído e ter desistido dos seus sonhos ou ter cedido à tentação da esposa de Potifar, mas ele preferiu acreditar nos sonhos de Deus.

E você, lembra-se das promessas que Deus lhe tem feito através da Sua Palavra? Elas são muitas, e como filho, você já tem direito a todas elas. No momento certo, o plano soberano do Senhor se cumprirá. Acredite que os sonhos de Deus jamais vão morrer.

3) Se formos fiéis ao Senhor, no tempo certo o nosso sonho se tornará realidade

José tinha apenas 17 anos quando recebeu os sonhos de Deus (Gn 37:2) e só veio a tornar-se governador do Egito com 30 anos (Gn 41:46).

Isso mais uma vez nos mostra que toda promessa passa pelo teste do tempo, mas como seres humanos e imperfeitos que somos não sabemos esperar e queremos que as coisas aconteçam num “estalar de dedos” e que seja à nossa maneira. Mas temos que entender que tem que ser de acordo com a vontade do Deus, que é “boa, agradável e perfeita” (Rm 12:2), e no tempo do Senhor, como diz em 1 Pedro 5.6: “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte”.

Temos que ser pacientes e perseverantes, crendo que o nosso Deus é quem realizará os sonhos dEle em nossas vidas.

Esperei com paciência no Senhor, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor
Salmos 40:1

Oração: Oh, Deus todo-poderoso, Tu és o meu Senhor. Fizeste-me tantas promessas que estão registadas na Tua Palavra. Neste momento eu clamo a ti em o nome de Jesus, pedindo que me possas ajudar a confiar e a esperar firmemente em cada uma delas. Eu sei que os teus sonhos jamais vão morrer. Eu tomo posse da minha vitória. Amém!

Jacione Souza

Shalom!

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s