A MULHER DO FLUXO DE SANGUE – UMA FÉ QUE NÃO SE ENVERGONHA

 

Partilho convosco a meditação da 4ª Semana da Campanha “12 Semanas Rompendo em Fé”

“E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou;
vai em paz, e sê curada deste teu mal”
Marcos 5:34

Ler o texto: Mc 5:25-34

mary_at_jesus_feetPara compreendermos a profundidade dessa cena, precisamos entender que segundo a Lei, uma mulher com fluxo de sangue contínuo era considerada imunda e não podia ao menos tocar em objetos, muito menos em pessoas (Leia Levítico 15:25).

Mas Jesus veio para salvar e libertar o homem de todo e qualquer preconceito, seja ele racial, social, etc.

O que podemos aprender com a atitude dessa mulher doente, discriminada, rejeitada e sem identidade?

1) Uma fé que não se envergonha é uma fé que age (v27)
Como diz o texto, essa mulher, mesmo com muito medo e consciente de que estava a transgredir a Lei, decidiu passar por cima de todos os preconceitos e de todos os “nãos” que ao longo da vida ela ouvira e procurou conferir a verdade sobre a fama que ela ouvira sobre Jesus.

No versículo 28, ela diz: “Se eu apenas lhe tocar as vestes, ficarei curada”.

Ela estava tão confiante que Jesus a poderia curar que ela se quer fez questão de tocar no seu corpo, bastava-lhe tocar nas vestes.

Que fé tremenda e ousada!

2) Uma fé que não se envergonha é uma fé que se prostra
A fé dessa mulher alegrou tanto o coração de Jesus que ele fez questão de curar, não somente o seu corpo, mas principalmente o seu coração e as suas emoções, pois a nossa fé, quando praticada, honra a Deus e consequentemente ele também nos honra.

Ela consciente da cura que nela fora realizada se prostra e lhe declara toda verdade.

3) Uma fé que não se envergonha alcança a salvação (v34)
Interessante que a primeira palavra que Jesus usa para a essa mulher sem identidade é “filha”. Ele lhe disse: “Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal”.

Acredito que com essas palavras, Jesus estava a lhe dizer: você veio no lugar certo e na pessoa certa, portanto a Sua cura não aconteceu somente no Seu exterior, mas principalmente no Seu espírito, que foi salvo, e também na tua alma, portanto vai em paz.

O que nos tem afligido?

Será que estamos dispostos a vencer todos os preconceitos, todas as tradições impostas pelos homens, nos prostrando aos pés do único que é digno de ser adorado e tem poder, para, não somente curar o nosso corpo físico, mas também de nos salvar para uma vida eterna, e de nos encher com o seu Santo Espírito.

Oração: Oh, Deus todo-poderoso, Tu és o meu Pai celestial, aquele que me fez ser. Neste momento eu clamo a ti em o nome de Jesus, pedindo que me ajudes a ir até a tua presença. Reconheço que tu és o Deus que me cura de todas as minhas enfermidades físicas, espirituais e emocionais. Ajuda-me a crer que tu estás presente na minha vida e que os teus milagres serão experimentados por mim e pela minha família. Amém!

Por Pra. Cidá Matos

Shalom!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s