FOCO NO QUE É EXCELENTE

Estou chegando da minha célula. Foi uma noite muito abençoada, edificante e de reflexão. Hoje falamos sobre Juizes 16, que fala sobre a vida e morte de Sansão.

Houve dois homens na Bíblia com chamados parecidos. Eles dois foram escolhidos ainda no ventre de suas mães. Os dois era separados para o uso exclusivo de Deus. O seu chamado envolvia muita santidade, seriedade e temor do Senhor. Esses homens eram Sãnsão e João Batista. Eles viveram em épocas bem diferentes, mas o Deus era o mesmo e o propósito também. A diferença entre eles foi que, enquanto Sansão se expôs ao pecado, fazendo dele algo “inofensivo”, João Batista se retirou para os desertos para buscar de Deus a força para cumprir o seu propósito de vida. Sansão viveu aquém da sua identidade. João Batista viveu de acordo com a sua.

pe-na-estradaAo sair da célula fui na base da missão JOCUM (Jovens com uma Missão), onde um culto de envio estava acontecendo. Que alegria poder ver tantos jovens (até jovens casados e com filhos) felizes por doarem dois meses em São Tomé e Príncipe, na África. Estes são como João Batista, são os preparadores do caminho. Estes vêem as suas necessidades supridas pelo  Senhor, pois é na visão e na excelência para com Deus que está a provisão. 

 

Há muitas pessoas que abrem mão do chamado para viverem o melhor desta terra. Há outros que aceitam o chamado, mas impõem limites que os delimitam em sua abrangência e extensão. Esses vivem dentro do que é bom.

400px-Excelente_FYP_LogoMas Deus não nos quer no que é bom ou melhor. Ele quer nos levar a um nível de excelência, onde poderemos experimentar o “ótimo” que vem dEle.

 

As aplicações aos princípios espirituais que tirei deste capítulo foram as seguintes: 

 

1) Sansão foi escolhido por Deus, mas não levou a sério o seu  chamado. Envolvia-se com prostitutas e mulheres fora do povo hebreu – V. 1-4

Deus nos chama, mas a escolha de viver em santidade e obediência sempre será nossa.

2) Deixou-se enganar por Dalila, que por 4 vezes o engana – V.4-17

O pecado cega o nosso entendimento e nos leva a ignorarmos o mal que está bem diante dos nossos olhos.

3) Ao se levantar contra os filisteus, que lhe cortaram os cabelos (e lhe arrancaram os olhos), foi derrotado, pois não sabia que Deus já se tinha retirado dele – V.18-20

A pior coisa é viver achando que está tudo bem com a nossa vida, quando na verdade, Deus já não opera mais em nós e através de nós.

4) Foi colocado a trabalhar como um animal e como animador de festas pagãs – V. 21, 25

Achar que certos pecados podem ser inofensivos, nos levará a vergonha ‪‎e desonra. Há uma hora que Deus diz “basta” a nossa falta de zelo e temor.

5) Seu cabelo (unção) voltou a crescer – V. 22

As misericórdias de Deus nos dão novas oportunidades e precisamos de aproveitá-las.

6) Ele se arrepende  e pede perdão a Deus, que lhe ouve mais uma vez – V.28

Deus nunca despreza um coração contrito e quebrantado.

7) Matou mais pessoas na sua morte que na sua vida – V. 30

Enquanto não aceitarmos morrer para nós mesmos, jamais seremos usados para a glória de Deus. Jamais viveremos num nível de excelência em nossa jornada ministerial.

 

Que o Senhor nos ajude a sermos santos em toda a nossa maneira de viver, sem negociarmos este tesouro precioso que é o nosso chamado e vocação.

Shalom!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s